Posts Tagged ‘ ajudar ’

Iniciativa P.E.T.

Com a nova iniciativa P.E.T. da Pro Plan em parceria com a Liga Protectora dos Animais, basta apenas um registo no site (leva uns 3 minutos a fazer) e estará já a contribuir com uma refeição oferecida a um animal abandonado. Parece pouco… mas e se 10 milhões de portugueses se registassem? Pois é… um pequeno passo para o homem … um grande passo para  a humanidade! Toca a registar, não custa nada e o direito dos animais à vida é tanto como o nosso.

Um animal abandonado pela sua família não é imune aos sentimentos. Também ele se sente perdido, sozinho, e sim… os animais sofrem, muito embora algumas pessoas desprovidas de sensibilidade, ou simplesmente imbecis, não acreditem.

200456192-001


REGISTEM-SE!!! Força aí na maionese (como diz o outro)… ;)

* ajudar a rir

No dia 17 de Janeiro, ria e ajude a rir as crianças do Lar Madre Teresa de Saldanha. Pelas 21h, junte-se a Ricardo Tomé, Marco Coelho, Manuel Cardoso, Pedro Figueiredo, Hugo Nevez e Luís Franco-Bastos, e seja uma das personagens principais deste espectáculo, contribuindo com 8 sorrisos que reverterão em exclusivo para esta instituição.


O palco do Teatro Experimental de Cascais vai encher-se de humor e boa disposição. Junte-se a esta iniciativa!


Reserve já o seu bilhete em ajudar.a.rir@gmail.com

cartaz_final1

*ajudar

A Google anunciou quarta-feira um concurso com um prémio de 10 milhões de dólares para recompensar os projectos que melhorem a vida de um maior número de pessoas, por ocasião dos 10 anos do gigante da Internet.


Se tem uma ideia para ajudar o mundo mas não o dinheiro para pô-la em prática, envie-a à Google que anunciou a iniciativa «10 to the 100th», destinada a escolher as cem melhores ideias entre internautas de todo o mundo e repartirá 10 milhões de dólares para as tornar realidade.

Quem tiver uma ideia que acredite possa ajudar um grande número de pessoas pode enviá-la ao motor de busca, depois preencher um formulário simples na web http://www.project10tothe100.com antes de 20 de Outubro próximo.
«As ideias podem ser pequenas, relacionadas com a tecnologia ou brilhantemente simples mas é necessário que tenham consequências enormes a longo prazo», disse a empresa num comunicado. «Sabemos que há inumeráveis ideias geniais que necessitam de financiamento e apoio para pô-las em marcha», acrescentou.

As propostas podem estar relacionadas com qualquer campo mas a Google definiu na web algumas das áreas mais comuns, como energia, habitação, saúde ou educação, para simplificar o processo. O único requisito é que os participantes possam responder a algumas perguntas sobre o alcance e eficiência da sua ideia, a quantas pessoas beneficiaria ou durante quanto tempo terá impacto.

Um grupo de quadros da Google escolherá os cem melhores projectos antes de 27 de Janeiro de 2009. Entre eles os utilizadores poderão votar os 20 melhores e um painel de peritos ainda por nomear seleccionará os vencedores em meados de Fevereiro. A Google deixou em aberto o número de ideias que podem ganhar. Se forem duas, ambos os projectos dividirão os 10 milhões de dólares, se forem cinco serão dois milhões de dólares para cada um.

«Na Google, não pensamos ser os donos das respostas mas acreditamos que elas estão lá, algures», escreve a empresa na página consagrada a este projecto, um dos destinados a assinalar os 10 anos do que foi primeiro um simples motor de busca antes de se tornar um gigante da revolução Internet.

50 formas de ajudar o planeta.

 

foie gras: nunca.

Imagine que acabou de comer uma enorme refeição. Sente-se cheio, a transbordar. Logo a seguir é obrigado a repetir outra igual, não aguenta mais. Mas a seguir vem outra igual e depois outra… Sente-se inchado, a rebentar. A agonia é tremenda, não consegue mexer-se e muito dificilmente consegue respirar.
Este é o terrível tratamento por que passam os patos e os gansos para a produção do patê de foie gras.O foie gras é o fígado inchado destes animais, obtido através do método da alimentação forçada. Esta provoca uma distorção no corpo dos animais e um fígado sete vezes maior que o tamanho normal. Quanto maior o fígado, mais foie gras e obviamente mais lucro.
Desaseis dias antes da matança, e a partir daí diariamente, um funil de mais de 40 cm de comprimento é empurrado pelo pescoço abaixo destas aves. É então forçada pela garganta abaixo do animal, à máquina ou à mão, uma quantidade de cereais misturado com gordura que seria equivalente a 12,6 kg de esparguete para um ser humano. A partir do 12º dia este processo é repetido de 3 em 3 horas, ou seja 8 vezes por dia. Por esta altura o corpo do animal já está completamente deformado, não se consegue mexer e respira com muita dificuldade. Ao 17º dia está morto.
Foie gras significa gordura de fígado. Quem o come consome uma grande quantidade de gordura que vai directamente para o seu próprio fígado, provocando colesterol e contribuindo para muitos problemas de saúde. Uma grande parte da população do mundo sofre de má nutrição. Mesmo assim são gastas enormes quantidades de cereal precioso, para a produção deste produto caro, que é vendido em restaurantes e lojas de luxo, e que só alguns podem comprar. O sofrimento infligido aos animais, para o fabrico de foie gras, é altamente condenável. Nem sequer é um alimento de primeira necessidade, trata-se apenas de um aperitivo.

 

Você pode mudar a situação. Deixe de consumir foie gras, substitua-o por patês vegetais. Existem no mercado em vários sabores e de excelente qualidade.