Posts Tagged ‘ simples ’

V-Tape

Há coisas tão diabolicamente simples que até enerva ….

Designer: Zhichuan Tang

Fluído, simples e confortável

Da Bang Design.

plii

Pêras em vinho tinto

Com uma forma elegante e contornos ricos, a pêra é desde sempre uma sobremesa bastante atractiva. Com um líquido requintado como o vinho tinto, esta fruta adquire um profundo e texturizado tom de rubi, e o seu aroma, enriquecido com anis, torna-se inebriante. Adiciona-se ainda uma vagem de baunilha, um pau de canela e algumas raspas de laranja, et voilá! Depois de mergulhar a pêra neste preparado mágico, o ideal é deixá-la lá mergulhada durante uma noite inteira (ou mesmo por alguns dias), de modo a que a fruta adquira uma cor profunda e um sabor forte. Depois é só colocar numa prato e decorar com natas ou mascarpone para acompanhar, e temos aqui um final de refeição perfeito para um dia frio de Inverno.

4 chávenas de água fria
Sumo de 1 limão
6 pêras rijas
1 garrafa de vinho tinto leve
3/4 chávenas de açúcar
1 casca de laranja
1 anis estrelado
1 vagem de baunilha inteira, cortada em metades
1 pau de canela
½ chávena de natas batidas ou ¾ de mascarpone (para server)

poachedpears

1. Numa taça larga, colocar a água e o sumo de limão. Descasque as peras, mas mantenhas as hastes intactas. Corte um pedaço pequeno da base da pêra apenas para que ela se aguente de pé. Deite as peras dentro de água e deixe estar.


2. Numa panela larga o suficiente para suportar todas as peras, combine o vinho, açúcar, casca de laranja, anis, baunilha e canela. Colocar em lume médio e mexer até que todo o açúcar se dissolva.


3. Adicionar as peras ao preparado anterior. Para manter as peras submersas no líquido, corte um círculo de papel do tamanho da panela e coloque-o à superfície. Coloque depois um prato no topo do papel e ele irá pressionar as peras para se manterem mergulhadas no líquido.


4. Cozinhe as pêra durante 25 minutos ou até que elas estejam suficientemente tenras quando picadas por um garfo. Dependendo da pêra, isto poderá levar mais 10 ou 5 minutos.


5. Retire a panela do lume e deixe as frutas lá dentro, no liquido borbulhante.


6. Transfira as peras e o líquido para uma taça grande e coloque no frigorífico durante várias horas ou um máximo de 3 dias.


7. Deite cerca de um terço do líquido numa panela e leve-o novamente a ferver em lume alto. Deixe a mistura ferver bem para reduzir o glacê do açúcar, até que a consistência atinja algo perto da textura do mel.


8. Para servir, coloque as peras num prato cada uma, e deite por cima este xarope de líquido fervido. Adicione em seguida as natas batidas ou o mascarpone… e já está!


Bon appétit!

Wabi Sabi


Esta filosofia japonesa diz-lhe como ter uma casa saudável

Deite fora o desnecessário, utilize apenas objectos decorativos que tenham valor afectivo para si, aproxime-se da natureza…

O Wabi Sabi ensina-a a descobrir a beleza do imperfeito e a viver alheada da tirania da moda.

Depois do Feng-Shui chega o Wabi Sabi, uma visão estética japonesa baseada na aceitação da transitoriedade de tudo quanto existe e que inspira diversas manifestações da cultura nipónica, como o Haiku (poesia tradicional), o Ikebana (arte floral), o Shodo (caligrafia) ou o Chado (cerimónia do chá).

Trata-se de um convite para deixar de lado o perfeccionismo stressante (porque a busca do perfeito esgota as nossas forças) e passar a apreciar a beleza daquilo que é imperfeito e natural (tal como a vida), olhando para o mundo com a melancolia de quem sabe que a vida é passageira e, por isso mesmo, bela. Estes princípios, aplicados à decoração, ajudam a criar um lar harmonioso e saudável.

Abra as suas portas ao natural

Valorize as coisas antigas, com história. A cadeira que o seu avô esculpiu, a toalha que a sua avó bordou, a madeira natural das portas e das janelas (se lhes retirar a pintura), as dobradiças de ferro velhas: deixe-as exibir a sua origem natural. Desfrute das marcas deixadas pelo tempo.

Para conhecer os 9 gestos que o vão ajudar a harmonizar a sua casa de acordo com os princípuios do Wabi Sabi, clique aqui.

A filosofia Wabi Sabi

A arte do Wabi Sabi, inspirada nos ensinamentos do Taoísmo e do Budismo, fundamenta-se na doutrina da simplicidade, da moderação, da naturalidade, da alegria, da melancolia, da assimetria e da não permanência.

Trata-se de perceber que a acção humana sobre o mundo deve ser tão delicada que não impeça a verdadeira natureza das coisas de se revelar, descobrindo a beleza que existe naquilo que tem as marcas do tempo e que ainda guarda em si a natureza. O conceito surgiu no século XV e define-se, de uma forma simples, como a arte da imperfeição.

Mantenha a ordem sem obsessões. A limpeza é uma forma de respeito pelo nosso meio envolvente. A sujidade é um espelho do estado mental de quem ali vive. O encanto das fendas de um chão ou de um tecto de madeira é maior quando não há rasto de sujidade.

Procure a espontaneidade. A sua casa é o lugar onde vive e a vida deixa marcas. Não deixe que a marca da mão do seu filho na parede ou que a base do telefone decorada com rabiscos o deixem ansioso. Assuma-o como parte da decoração da sua vida. Talvez um dia essas marcas já não estejam lá e sinta nostalgia do amor e ternura que representaram.

Desfaça-se do supérfluo. Os livros que não vai voltar a ler ou que não a marcaram, a roupa que já não vai usar, os objectos usados que já não vê como belos.

Recicle tudo o que conseguir. Permita que aquilo de que já não consegue desfrutar possa continuar a existir na vida de outras pessoas. E evoque, assim, a arte do efémero. Tudo muda, nada permanece.

Preste atenção aos detalhes. Espelhos, plantas, água, fogo, inclusive odores: da madeira, da roupa acabada de lavar, do sabonete das mãos… Perca tempo com estes detalhes para agradar os seus sentidos.

Proteja o silêncio. Coloque portadas ou persianas para reduzir o ruído dentro de casa. Isole as paredes caso seja necessário.

Texto: Joana Martinho, da SABER VIVER

Design de interiores. Kate Hume. Espectacular.

P.S.: Adoro o espelho.

{Hello! Lucky}

Convites de casamentos simples, bonitos e elegantes. Estes são da Hello! Lucky.

home

Simplicidade. Zara Home.

zarahome.jpg